A comunicação como forma de contribuir ao desenvolvimento local

Por Vilma Neres

Vivi durante a minha adolescência no bairro do Beirú, conhecido por Tancredo Neves, periferia de Salvador, lá desenvolvemos um Projeto de Comunicação Comunitária, inicialmente idealizado pela jornalista Márcia Guena.

O Jornal do Beirú durou cerca de três (2002-2005) anos publicando informações de interesse dos moradores, além de trazer informações e pesquisas sobre a memória histórica do bairro, pois, essa região já abrigou um quilombo mantido por homens e mulheres negras que resistiram a escravidão.

A partir dessa experiência posso afirmar que comunicar é produzir sentidos para as relações humanas, produzir sentidos para a existência da vida, e sobretudo fazer-se compreendido e compreender o outro. Deste modo percebemos que comunicar é tudo, do mais simples gesto à escrita.

Essa reflexão permite dizer que a comunicação a partir de suas ferramentas contribue permitindo o acesso e a mobilidade da informação, proporcionando assim o desenvolvimento em diferentes aspectos da vida social. Abaixo assista uma breve entrevista com o pesquisador e docente da Universidade de São Paulo (USP) para compreender mais referente o conceito de educomunicação:

Durante a minha participação no Projeto Jornal do Beirú formei consciência crítica diante da dinâmica da nossa sociedade, no que se refere aos períodos históricos; a prática do racismo ainda presente em nosso cotidiano de norte a sul deste país; os antepassados desses homens e mulheres negras antes de tornarem-se propriedades de ‘senhores(as)’ escravocratas; etc.

Isso ilustra o quão importante foi para mim participar do Projeto Jornal do Beirú, pois, possibilitou uma mudança significativa para a minha vida, da minha família e para a vida dos(as) moradores dessa comunidade.

Portanto, a comunicação permite o desenvolvimento social de uma determinada comunidade, seja essa escolar, empresarial, bairro, etc., que ocorre com a participação das(os) envolvidas(os) e essa participação decorre da mobilização e da troca de experiências. Nesse sentido as ferramentas de comunicação possibilitam a transformação e o desenvolvimento social através da participação de todas(os) no processo comunicativo, conhendo as necessidades e as demandas da comunidade em questão.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s