Outras produções

Arte gráfica do miolo do CD de ©fotografias Antonio, ©desing Vilma Neres.

Arte gráfica do miolo do CD de ©fotografias Antonio, ©desing Vilma Neres.

Arte gráfica do verso da capa do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

Arte gráfica do verso da capa do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

Arte gráfica do fundo do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

Arte gráfica do fundo do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

Arte gráfica da capa do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

Arte gráfica da capa do CD de fotografias ©Antonio Terra, ©design Vilma Neres.

2011 – 2012:: Catálogo de registro da primeira mostra fotográfica a céu aberto sobre o bairro do Beirú, periferia da cidade de Salvador – Bahia.

::: Todas as 11 edições do Jornal do Beirú

http://issuu.com/vilmaneres/stacks/8e4b5122ba734ee08471407037cb2461

::: 10ª edição do Jornal do Beirú

Jornal do Beirú, veículo com proposta comunitária e apolítico, pensada em 2002 pela jornalista e pesquisadora Márcia Guena. As edições 10ª e 11ª (2011 a 2012), foram elaboradas e produzidas a partir do projeto “Oficina Permanente de Jornalismo Comunitário do Beirú: história e memória afrodescendente”, com apoio da Fundação Pedro Calmon, órgão vinculado a Secretaria de Cultura do Governo da Bahia. O projeto foi coordenador pela ex-educanda pelo projeto “Jornal do Beirú”, de 2002 a 2005, em parceria com outros profissionais: André Luís Gomes, André Eric Frutuoso, Carlos Eduardo Freitas, Danila de Jesus, Francisco Villar, Josi Paim, Gilcimar Dantas, Luiz Carlos Vellame, Márcia Guena e Monique Reis) e jovens moradores participantes do projeto de 2011 a 2012 (Amanda Elén Garcez, Antonia Regina da Silva, Angélica dos Santos, Catiane Leandro, Caroline de Amorin, Cleisson de Souza, Daiane de Oliveira, Deise Cristina Gomes, Diego de Jesus, Eduardo Queiroz, Eliana Nascimento, Ediélen Mota, Everton dos Santos, Gislaine de São Pedro, Jamile Gonçalves, Jacilene Santos, Jaqueline de Barros, Jéssica Mendes, José Anderson da Silva, Joelma dos Santos, Joane Lima, Josivaldo Nunes, Karina de Santana, Laryssa Farias, Luzia Passos, Luan Gomes, Mylena Melo, Nairan Santos, Quézia da Silva, Quércia Andrade, Raísa Santos, Reinaldo dos Santos, Rosivaldo Santana, Rosana Torres, Taás dos Santos, Tauane da Silva, Tatiana Araújo, Uiliane Santo e Vanuza Silva) da comunidade do Beirú, conhecida também por Tancredo Neves, periferia de Salvador, localizada na região do Cabula.

2010:: Primeira publicação da revista Xikelela, projeto realizado pela Coordenadoria da Igualdade do Município de Guarulhos – São Paulo.

Mocambos Invisíveis é uma crônica do cotidiano de seis moradores da Vila Via Metrô, uma região pobre e decadente de infraestrutura, localizada na entrada da cidade de Salvador/BA. O filme surpreende pelas histórias dos personagens que narram seus sonhos, relatam alegrias e tristezas e os desafios vividos em um ambiente degradado. Mocambos Invisíveis não é somente uma crítica as precárias condições de moradia, mas, sobretudo, serve como registro de como famílias tentam sobreviver em regiões desassistidas pelo poder público.

Encarte do DVD do filme documentário “Mocambos Invisíveis”.

 » 2009 (03/2/2009) - Exposição Modos de Ver, Aliança Francesa de Salvador, realizada pela Casa da Photographia em parceria com o Palacete das Artes Rodin Bahia e o Instituto Sacatar.

» 2009 (03/2/2009) – Exposição Modos de Ver, Aliança Francesa de Salvador, realizada pela Casa da Photographia em parceria com o Palacete das Artes Rodin Bahia e o Instituto Sacatar.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s